Kaneron 
Twiter Facebook Orkut Blog


Sustentabilidade

Fonte: Site:www4.fiemg.com.br

A sustentabilidade é um conceito sistêmico, relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade humana. Propõe-se a ser um meio de configurar a civilização e atividades humanas, de tal forma que a sociedade, os seus membros e as suas economias possam preencher as suas necessidades e expressar o seu maior potencial no presente, ao mesmo tempo preservar a biodiversidade e os ecossistemas naturais. Isto tudo planejando e agindo de forma a atingir pró-eficiência na manutenção indefinida desses ideais.

A sustentabilidade abrange vários níveis de organização, desde a vizinhança local até o planeta inteiro. Para um empreendimento humano ser sustentável, deve ter em vista quatro requisitos básicos. Esse empreendimento deve ser:
- economicamente correto;
- economicamente viável;
- socialmente justo;
- e culturalmente aceito.

Pelo histórico da Kaneron, ressaltamos a importância que a empresa exerce em um nível geral. Destacamos a conquista, em 2009, do primeiro lugar no 1º Prêmio Empresário Herói promovido pela FIEMG - Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais, que entre mais de 1.500 empresas que se capacitavam para participar do prêmio, somente 200 foram selecionadas para inscrever e, destas, apenas 40 preencheram os requisitos necessários e conseguiram participar do Prêmio. Além de responder a um amplo questionário, essas respostas deveriam ter como prova de veracidade as cópias dos documentos comprobatórios. A Kaneron já praticava o conceito de sustentabilidade bem antes de existir o significado da palavra para os contribuintes. O Prêmio Empresário Herói foi criado em 2009 pela FIEMG Regional Vale do Paranaíba, com o apoio do Centro Industrial e Integração de Negócios do Triângulo e Alto Paranaíba (Cintap), do Instituto Inderc, dos Sindicatos Patronais da Indústria e da Revista Mercado. As empresas inscritas foram avaliadas por uma comissão julgadora composta por representantes dos Sindicatos Patronais da Indústria e do Instituto Inderc. Para conquistar o prêmio, as empresas tiveram que atender a vários critérios de avaliação. Segundo Daniela Dias, coordenadora de projetos do Instituto Inderc, cada qual foi avaliada de acordo com sua realidade, de forma justa e imparcial, o que garantiu condições igualitárias de participação e concorrência.

A comissão avaliou desde a constituição legal da empresa, a comprovação de atuação no ramo ou segmento, até a atuação no mercado regional, em que foram avaliados o associativismo, inovações tecnológicas, faturamento e operações bem sucedidas que levam ao lucro e consequentemente ao crescimento, e ainda a questão da sustentabilidade, em que foi avaliada a redução de impacto social e ambiental, investimentos sociais privados – ações filantrópicas desenvolvidas na comunidade, segurança no trabalho, qualidade de vida no trabalho, economia e reuso de recursos naturais esgotáveis, cotas para pessoas com deficiência e várias outras ações desenvolvidas a fim de contribuir para a qualidade de vida das pessoas.

O objetivo dessa premiação é homenagear os empresários do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba que se destacaram durante o ano pelo trabalho realizado à frente de seus empreendimentos. A premiação passa a realizada todos os anos. O presidente da FIEMG Regional Vale do Paranaíba, Pedro Lacerda, destaca que entre outros fatores avaliados foram reconhecidas as empresas que investiram em sustentabilidade (econômica, social, ambiental e cultural), no posicionamento institucional e na atuação no mercado regional. “Queremos que seja um incentivo para que as empresas da nossa região aprimorem ainda mais suas políticas e práticas de responsabilidade social, bem como de desenvolvimento sustentável”, afirmou o presidente.